Aguarde...

Reforma da Previdência é vital, diz Mara Luquet

Jornalista diz que, caso das reformas não sejam aplicadas, o pagamento dos próprios aposentados estará em risco

| ACidadeON/Ribeirao

Mara Luquet (Foto: Divulgação)
 

Para a jornalista Mar Luquet, a reforma da Previdência tem de ser feita, sob risco de não existir dinheiro para pagar os próprios paosentados. "Em todo mundo se faz a reforma da Precidência, por um motivo muito simples: esse modelo que existe vai colocar em risco o pagamento dos aposentados. SE ele permanecer, existem duas possibilidade, que é matar os aposentados ou começar a ter filhos. Como isso é impossível, temos de repensar o modelo existente, inclusive para acabar com as desigualdades", afirmou. 

Segundo ela, a reforma que hoje é proposta é bastante parecida com aquela que o Partido dos Trabalhadores (PT) propôs na década de 1990, que tinha como principal ideia começar a incidir sobre quem entrasse no mercado de trabalho a partir de 2000. "Isso não foi feito, foram feitas pequenas reformas, que não resolveram o problema. E, se não começarmos a pensar já em mudar o nosso modelo, não vai ter dinheiro para pagar os aposentados, como aconteceu na Grécia", afirmou.  

De acordo com a jornalista, o debate a respeito da reforma da Previdência está muito centralizado em cima de questões ideológicas e pouco sobre informações. "Não há campanha de informação a respeito do que envolve, realmente, a reforma da Previdência e não há lideranças para discutir isso de forma clara, porque não é um assunto popular, ou seja, é mais fácil manter tudo como está", afirmou.  

"Claro que sou a favor da felicidade geral, de trabalhar pouco, de ser mais feliz, só que não há mais dinheiro para garantir isso. Então, acho que temos de ser mais racionais e perceber que essa reforma que está aí contribui, em muito, para acabar com as desigualdades", disse. 

Segundo ela, grande parte das desigualdades a que se refere ocorrem justamente após o brasileiro se aposentar. "Nós temos uma minoria que ganha muito com as aposentadorias e a maior parte do povo brasileiro que recebe salário mínimo, após uma vida de trabalho", concluiu.



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."